Riverdale: O que acontecerá com a Cheryl na 4 temporada? – Madelaine Petsch Brasil

Riverdale: O que acontecerá com a Cheryl na 4 temporada?

Publicado por camila

Cheryl Blossom (Madelaine Petsch) é inequivocamente a melhor personagem de Riverdale, mas no final dos dramas da última temporada, ela fez uma escolha muito bizarra. Ela decidiu guardar o corpo de seu irmão, Jason Blossom (Trevor Stines), em seu porão. Uma decisão estranha (amenizando as palavras) para uma personagem que mostrou uma tremenda evolução durante as temporadas, mas baseado em alguns teasers da próxima temporada, parece que a temporada 4 será ainda mais estranha.

Se caso o primeiro parágrafo não tenha feito nenhum sentido para você, primeiro, bem-vindo a Riverdale. Segundo, aqui está um resumo que talvez te clareie um pouco. O enredo da série era a morte de Jason, um mistério que quebrou sua irmã gêmea Cheryl e toda a cidade de Riverdale. No final da primeira temporada, descobrimos a resposta de quem havia matado Jason Blossom: seu pai, Clifford Blossom (Barclay Hope). A revelação causou o suicídio Clifford e levou Cheryl a incendiar sua própria casa. Sabe, coisas normais.

As coisas pioraram para Cheryl na segunda temporada, já que ela foi deixada sozinha nos restos de uma mansão com uma mãe maníaca/prostituta Penelope (Nathalie Boltt) e com sua avó, Nana Rose (Barbara Wallace). Por último, ela chegou ao seu extremo quando conheceu Toni Topaz (Vanessa Morgan), quem a ajudou a descobrir sua homossexualidade.

Toni a libertou e durante a metade da próxima temporada, a alma gêmea de Cheryl ajudou-a se curar, mostrando que nem sempre o amor precisa vir acompanhado da dor e se tornar uma apaixonante líder e uma amiga fiel… e então entra A Fazenda, um culto que rouba órgãos, que usa drogas para que seus integrantes vejam os familiares que já partiram. Para Cheryl, significou que o cadáver preservado de seu irmão, era ele de volta e vivo.

Se baseando nos teasers da quarta temporada, sim, Cheryl ainda está com Toni, uma notícia maravilhosa para os fãs do revolucionário casal LGBTQ+. E se você pensou que isso deixaria a Blossom em uma linha reta, mas como é comum em Riverdale, parece que elas estão indo em múltiplas direções ao mesmo tempo.

A primeira pista que o enredo do “Corpo de Jason” não será descartado tão cedo, veio através do Instagram do Roberto Aguirre-Sacasa em 10 de Setembro, onde ele postou uma versão photoshopada do pôster do filme Hereditário, com Cheryl um boneco estranho e uma bolinha de pingue-pongue.

 

Ver essa foto no Instagram

 

This season on #Riverdale. Horror is where the home is. 🕷☠️🔥👠🧠💋👀🏃🏻‍♂️👛🕸🌪🍷🎢📹🕰📺

Uma publicação compartilhada por Roberto Aguirre-Sacasa (@writerras) em

Depois foi revelado que “Hereditário” será o nome do sexto episódio dessa temporada, então isso é uma razão para que Aguirre-Sacasa tenha postado isso enquanto eles estavam o filmando. Uma piscada e você perdeu o momento dos stories da Madelaine Petsch onde mostra um membro da equipe andando pelo set com o fantoche de marinheiro.

Para aqueles que não assistiram ao filme de terror, existem, de fato, alguma boneca estranhas. Existe também um enredo maior sobre a família lidando com a morte da avó, levando aos fãs especularem que talvez a personagem que irá morrer no episódio de Halloween será Nana Rose.

Aguirre-Sacasa ainda postou outra foto promocional, escrita:

 

Ver essa foto no Instagram

 

The Chimera is coming. #Riverdale 408. Filming this week. 👠💎🔥☠️🍷⭐️

Uma publicação compartilhada por Roberto Aguirre-Sacasa (@writerras) em


“A Quimera está a caminho” #Riverdale 408. Filmando essa semana”.  A foto incluía uma roupa de marinheiro similar à do fantoche de “Hereditário” (o episódio, não o filme) junto da definição da palavra “Quimera”: “Um organismo unicelular composto de células de dois ou mais indivíduos- ou seja, contém dois conjuntos de DNA devido a uma fusão placentária em desenvolvimento.” Eu irei acrescentar que a palavra quimera carrega outro significados. Na mitologia grega, quimera é uma mistura de um mostro com a cabeça de um leão, corpo de uma cabra e rabo de uma cobra. Essa versão cospe fogo. Quimera pode ser também usado para descrever algo impossível.

Então eu repito: o que acontecerá com Cheryl Blossom na temporada 4 de Riverdale? Se colocarmos algumas pistas juntas, parece claramente que a quarta temporada de Riverdale está lidando com os terrores da família Blossom.

No final da temporada 3, enquanto Cheryl estava escondendo o corpo de Jason, sua mãe Penelope foi revelado como a chefe por trás de muitos enredos sombrios de Riverdale. Ela estava influenciando o assassino em série, Capuz Preto (Lochlyn Munro), controlando Chic (Hart Denton), e sempre esteve no comando em um dos maus mais antigos da cidade, o Rei Gárgula.

Minha melhor aposta é que Cheryl terá muitas dificuldades em lidar com o corpo de Jason. E se Jason não for apenas um boneco terapia e sim um participante ativo esse ano? Uma ideia pode ser enquanto ela está tentando se livrar da dependência do corpo, ela substitui por um estranho fantoche de marinheiro. E quando isso não funciona, ou ela se questiona sobre guardar o seu irmão morto no porão, ou ela adota a personalidade do fantoche/Jason, uma vez que existe o teaser da quimera. Existe outra possibilidade, é claro, e é algo que está ligado a revelação de Penelope no “Clube da Meia Noite”. E se Jason e Cheryl não são gêmeos? Ou se algum deles- ou ambos- forem parte de um bizarro experimento genético da família Blossom?

Linha do tempo nunca foi o forte de Riverdale, mas teve uma cena que parecia que Jason era mais velho que Cheryl. A produção declarou o erro e disse que os fãs não deveriam se preocupar. Mas e se Jason for realmente mais velho que Cheryl? Isso significaria que um deles foi adotado? Nos quadrinhos, existe um segredo, um trigêmeo Blossom. Isso está vindo para série?

E tem uma questão maior sobre o que isso significa para saúde mental de Cheryl. Fãs se preocupam (com razão) com Cheryl, quem já teve que lidar com perdas, tentativa de suicídio e uma terapia de conversão. Para Cheryl, como uma personagem LGBTQ+, muitos fãs procuram por representatividade positiva, durante as três temporadas, a jornada de Cheryl na autoaceitação. É importante lembrar que Petsch é extremamente cuidadosa sobre o que a história de Cheryl significa para ela e para os fãs. Ela é uma protetora da Cheryl e é envolvida com os fãs. Se eles fossem para uma direção que iria contra uma representatividade positiva, com certeza Petsch tomaria a frente e -o histórico mostra que – Aguirre-Sacasa e companhia ouviriam.

E confiem, não importa o quão complicada as coisas fiquem para Cheryl, Toni sempre estará ao seu lado para salvá-la.

Fonte: Decider

Tradução e Adaptação por: Madelaine Petsch Brasil