Exibindo

Notícias

Tudo sobre “Clare at 16”, novo filme produzido e estrelado pela Madelaine

Publicado por annacst

Madelaine Petsch, que interpreta a abelha-rainha Cheryl Blossom na série da CW, Riverdale, irá estrelar e ser produtora executiva do filme de horror/comédia “Clare at 16”, que é baseado no futuro romance de Don Roff de Baker & Taylor.

Mark Pavia, que dirigiu Vôo Noturno, de Stephen King, irá escrever a adaptação de longa-metragem e dirigir.

Clare at 16 conta a história de Clare Bleecker, uma mediana estudante de escola catolica que vive com seus avós depois de ficar órfã. Ela parece normal, mas Clare fará tudo que puder pra proteger os que ama quando confrontada pelo mal que ela enfrenta em sua pequena cidade.

Cassian Elwes (Mudbound, Clube de Compras Dallas) irá produzir junto a David Chackler (A Cidade dos Amaldiçoados, Twisted Tales) e Dave Sereny. Jere R. Hausfater servirá de produtor executivo com Nadia Redler e Pavia.

“Petsch é uma grande estrela, e ela é perfeita para trazer Clare à vida,” Elwes disse. “Eu sabia que isso tinha potencial, mas Petsch levará isso a outro nível. Clare at 17 também já foi escrito e a história está apta para sequências.”

Petsch disse: “No minuto em que peguei o script eu estava instantaneamente intrigada com Clare. Ela tem muita coisa acontecendo abaixo da superfície a qualquer momento e tem um maneira bem interessante de solucionar problemas, o que a fará ser bem engraçada e desafiadora. Eu estou entusiasmada e honrada de estar a trazendo a vida com uma equipe incrível.” 

A pré-produção de Clare at 16 começará na primavera antes de Petsch voltar a seu papel principal em Riverdale, que está em produção para a 3ª temporada. O próximo para ela é o filme de horror adquirido pela Netflix “Polaroid”.

Arielle Elwes (Braid) estará ativamente envolvida no desenvolvimento e produção de Clare at 16 e servirá de co-produtora.

Hausfater levou o projeto a Arielle e negociou o acordo em nome dos cineastas, com Chad M. Christopher de Stone Genow representando Petsch. Petsch é representada por WME e Tiffany Kuzon.

Fonte: Deadline

Tradução e Adaptação: Madelaine Petsch Brasil

Tudo sobre o novo musical de Riverdale: “Heathers”

Publicado por annacst

Pegue seu elástico de cabelo vermelho preferido e nos encontre no campo de croquete, pois os novos detalhes sobre o segundo episódio musical de Riverdale estão finalmente aqui e eles te terão dizendo, “Cumprimentos e saudações!”

Se você ainda não sacou, A produção de primavera da Riverdale High será “Heathers: O Musical.”

O segundo espetáculo anual de Riverdale, que contará com nove músicas, irá ser exibido na Quarta-Feira, 20 de Março as 20:00. EST/PST na CW.

“Ano passado, nós arrasamos fazendo ‘Carrie.’ Esse ano, nós quisemos honrar outro icônico filme adolescente. ‘Heathers: O Musical’ é MUITO DIVERTIDO, com ótimos papéis para nossas crianças de Riverdale,” o produtor executivo Roberto Aguirre-Sacasa disse em uma declaração. “E todo mundo está cantando…”

Pela lista de personagens, Heather Chandler será, naturalmente, interpretada por Cheryl Blossom enquanto Veronica Lodge e Betty Cooper irão pegar os papéis de Heather McNamara e Heather Duke, respectivamente. E Josie McCoy estará estrelando como Veronica Sawyer.

Mais uma vez, Kevin Keller será o diretor do musical de Primavera, mas ele também se “colocará” no musical esse ano no papel como “o personagem esquecido de Pete Dawson” Jughead Jones será o “chefe dos detalhes de segurança” do musical, o que parece necessário considerando que Midge foi assassinada no palco durante o último musical!

Caso você esteja vivendo embaixo de uma pedra, aqui está o que você precisa saber sobre Heathers: No filme clássico de 1989, Westerberg High é comandado por uma junta de ombreiras e elásticos de cabelo: Heather, Heather e Heather, as mais gostosas e cruéis garotas de toda Ohio. Mas a desajustada Veronica Sawyer rejeita seus regimes cruéis por um novo namorado, o obscuro e sexy estranho J.D., que planeja colocar as Heathers em seus lugares — a seis palmos do chão.

 

Fonte: Entertainment Tonight

Tradução e Adaptação: Madelaine Petsch Brasil

Madelaine fala sobre reinventar a ‘garota malvada’

Publicado por annacst

A má garota
ficou boa:

A Madelaine Petsch, de ‘Riverdale’, sobre reinventar a “garota malvada”.

Madelaine Petsch – AKA Cheryl “bombshell” Blossom – tinha acabado de finalizar um dia agitado de reuniões quando conversei com ela por telefone de L.A. São apenas algumas semanas antes da terceira temporada estrear nos EUA, e o elenco está se preparando para um ativo mês a frente. Eles já apareceram na Rolling Stone e Madelaine é a estrela da capa de nossa edição #27. Para Madelaine, isso tudo ainda vem como um choque. “Eu tenho que me beliscar diariamente com essas coisas loucas e legais que eu consigo fazer.” ela diz. “Eu estou constantemente espantada com o que eu consigo fazer em minha vida. Toda jovem atriz sonha com essas coisas.”
Adaptada da amada Archie Comics, que tem sido impressa por mais de 75 anos, a versão de TV de Riverdale transportou a série de seu cenário centro-oestino paradisíaco para uma versão mais sinistra da cidade. Doces aventuras colegiais foram substituídas por enredos bons e angustiantes. que lidam duramente com tópicos como desalojamento, saúde mental e cyberbullying. Está rapidamente se tornando um sucesso de críticas e tem acumulado enormes seguidores online.
Cheryl Blossom era novata nos quadrinhos, não aparecendo até 1982, mais de 40 anos depois da saga começar. No entanto, ela está posicionada na frente e centro da primeira temporada da série. O episódio piloto começa com Cheryl elegantemente vestida em um vestido vitoriano, atravessando o rio com seu irmão Jason. A câmera corta e ela está sentada em uma pedra, lágrimas correndo por suas bochechas, e descobrimos que seu irmão foi assassinado. O resto da temporada acompanha Archie e seu grupo de amigos, que tentam desvendar o mistério de sua morte.

Riverdale é um drama adolescente que se delicia em corromper as tropas de gênero. Nós temos o típico bom garoto Archie, a ‘garota-da-porta-ao-lado’ Betty e a garota rica e mimada Veronica – mas nenhum desses personagens age como esperamos. Isso é especialmente verdade para Cheryl Blossom, quem inicialmente se adequa ao molde de ‘garota malvada’. Suas viciantes represálias cruéis e de uma linha, sem mencionar o fato dela ser a chefe das líderes de torcida, inicialmente a prendem dentro de um personagem estereotipado. Na verdade, Betty diz a ela no primeiro episódio “Você pode ser um estúpido personagem de um filme dos anos 90, mas eu não.”

Contudo, ao desenrolar da temporada, nós rapidamente aprendemos que esse não é o caso. Como Madelaine coloca: “Você percebe que isso é apenas uma fachada e que ela na verdade é uma jovem garota bastante quebrada, bastante sozinha e bastante perturbada. A única pessoa que ela amou no mundo todo – seu irmão – foi assassinado e ela vive nessa jaula de negatividade em casa.” Como resultado, Cheryl rapidamente se transforma num personagem mais complexo e tridimensional. “Você começa a entender porque ela é essa “menina malvada” na primeira temporada, o que você raramente consegue ver na televisão. Nós nunca conseguimos ver seus lados vulneráveis.”
Uma grande reviravolta na jornada de Cheryl foi a estória de ter se assumido. Depois de revelar sua sexualidade para Toni, a mãe de Cheryl a manda a um convento para receber terapia de conversão gay. Com O Mau Exemplo de Cameron Post e Boy Erased – dois filmes que lidam com terapia de conversão gay – sendo lançados esse ano em meio a comentários controversos feitos pela a administração de Trump compactuando com a prática, Madelaine esperava a reação positiva que a estória de Cheryl se assumindo recebeu? “Eu estava positivamente surpresa com o quanto isso ressoou com nossos fãs,” ela diz. “Eu não tinha ideia que isso seria algo tão grande para eles e eu estou feliz que foi, porque foi muito importante para mim como atriz descobrir o que a fazia ter tique.”

A repressão da sexualidade de Cheryl, Madelaine sugere, é uma das razões principais pelas quais ela inicialmente se encontrava muito fria. “Eu acho que Cheryl evoluiu a muito mais do que uma ‘menina malvada’, o que raramente aconteceu.” Agora ela está em um relacionamento com Toni – ou ‘Choni’, como seus fãs afetivamente as chamam – e ela está finalmente vivendo sua verdade.” Isso a permitiu começar a “se abrir muito mais e ser um pouco mais atenta ao jeito que ela sai com as pessoas. Você assiste sua personagem virar uma das heroínas.”

Os adolescentes de Riverdale experienciam um conjunto de problemas sociais – uso de drogas, desalojamento, cultura de gangue – mas a experiência colegial de Madelaine foi bem diferente. “Eu não fui para uma escola normal – fui para uma escola de artes que era bem pequena. Então minha experiência escola foi particularmente diferente da de Riverdale.” Ela ri, dizendo: “Eu não acho que muitas escolas dos EUA têm assassinatos e drama do jeito que nossa série tem – Eu espero que não, pelo menos!” Riverdale não tem pretensão de realismo; em vez, Madelaine enfatiza fornece uma “versão intensificada” de jovens encarando problemas.

Centenas de tópicos no Reddit, páginas no Tumblr e blogs online têm sido dedicados a Riverdale. Várias hilárias teorias de fãs têm sido propostas. Algumas acreditam que Riverdale é o inverso de Stranger Things, para onde Barb escapou na primeira temporada (Shannon Purser, que interpreta Barb, aparece em ambas as séries). Outros, depois do episódio musical na segunda temporada, gostam de acreditar que Riverdale é o High School Musical num universo paralelo sombrio. Madelaine acha a teoria de que Cheryl é uma bruxa a mais convincente – e os Blossoms definitivamente têm a mansão Gótica para combinar.

No entanto, Madelaine está mais impressionada com o fato dos fãs terem adivinhado a sexualidade da Cheryl antes de ser revelada. “Eu vejo teorias de fãs onde eles adivinham o que vai acontecer por uma foto,” ela diz. “Eles são incrivelmente inteligentes e eles são muito bons em pegar os pequenos detalhes em qualquer coisa.”

Está claro que Madelaine quer manter um bom relacionamento com seus fãs. No começo, ela estava “realmente lutando com fãs procurando uma separação entre Cheryl e eu. Eu estava recebendo muito hate na internet e isso realmente me machucava porque eu sou muito o oposto de Cheryl.” Começando seu canal no YouTube, que agora tem quase 3 milhões de inscritos, foi inicialmente assustador. Mas agora, ela percebe que isso “criou um relacionamento diferente entre meus fãs e eu. É legal ver o verdadeiro eu agora e eu consigo quebrar essa barreira que eu pensava que existia.”

 

Fonte: TMRW Magazine

Tradução e Adaptação: Madelaine Petsch Brasil

Bem vindos ao novo Madelaine Petsch Brasil

Publicado por camila

Seja muito bem-vindo ao Madelaine Petsch Brasil, sua primeira e maior fonte sobre a atriz Madelaine Petsch no Brasil.

Desfrute de notícias, fotos, entrevistas traduzidas e muito mais! Você poderá acessar nossa galeria que contém mais de 89 mil fotos já existentes e também nossas redes sociais para mais informações. Aproveitem, isso tudo foi feito para vocês!

 

Twitter | Facebook | Instagram | YouTube | Galeria de Fotos

Madelaine Petsch fala sobre a 3º temporada de ‘Riverdale’, o estilo Serpente de Cheryl e mais

Publicado por annacst

Em Riverdale, Cheryl Blossom é a garota com quem você não quer se meter. Ela não vai apenas te apunhalar pelas costas— ela vai atirar uma flecha através dela (enquanto usa uma fabulosa capa de arco e flecha, todavia). Mas pelo telefone, Madelaine Petsch, é talvez, sem surpresa, mais aparentada à Boa Betty: Você pode dizer pela voz dela que ela faria tudo pelo resto da equipe. Aliás, ela e Lili Reinhart (a.k.a. real Betty) são grandes amigas, elas até apertam as espinhas uma da outra.

“Lili costumava estourar minhas espinhas— sério,” diz Petsch. “Isso pode ser um pouquinho de muita informação, mas não importa. Nós todos somos realmente próximos.”

Durante o ano passado, as duas têm sido livros abertos quando se trata de seus problemas de pele. Reinhart ficou profundamente pessoal em como sua acne a deu um tipo de dismorfia corporal, enquanto Petsch usou sua plataforma como porta-voz da Bioré para discutir seu problema com acne cística.

Certamente não é tão pesado, contudo. E assim como Petsch pode seguir a linha entre interpretar uma garota má do ensino médio e uma jovem mulher quebrada pelo passado tóxico de sua família, ela pode conduzir uma conversa sobre tudo: desde ideais irrealistas de beleza até kombucha. Antes da premiere da terceira temporada hoje à noite, nós nos encontramos com a atriz para falar sobre Riverdale, Serpente Cheryl, e a temos para responder todas as nossas Grandes Perguntas de Beleza.

Glamour: Nós sabemos que Cheryl e Toni Topaz passaram o verão juntas numa viagem de moto. Estamos curiosos! O que você acha que elas tramaram durante isso?

Madelaine Petsch: Eu acho que elas foram e rasgaram a cidade. Nós temos falado muito sobre a inocência de Cheryl, e eu acho que ela ainda está se acostumando muito com ter uma namorada. Eu tenho certeza que elas tiveram uma viagem maravilhosa juntas. Mas elas estão voltando para Riverdale com uma vingança. Elas estão prontas para mostrar ao mundo que estão felizes juntas. O que eu amo. Quando começamos a primeira temporada, Cheryl estava em um lugar agradável. A última temporada foi realmente difícil para ela.

Como você, particularmente, quer ver o relacionamento de Cheryl se abalar?

MP: Eu não quero que elas terminem nunca. Eu só acho que elas são as melhores. Eu não sei se é algo estranho de se dizer, mas com certeza é mais interessante manter as coisas mudando. Mas a bela coisa que eu notei é que Cheryl tem crescido muito apenas tendo conhecido Toni naqueles últimos oito episódios [da segunda temporada]. Toni ajudou Cheryl a mostrar um grande vulnerável, bonito, lado aberto dela. E agora que a Cheryl tem esse cofre aberto, eu não quero que isso seja fechado nunca. Eu acho que se ela e Toni alguma vez terminarem, Cheryl viraria um monstro. Se as pessoas pensam que ela era má no começo da primeira temporada, Cheryl seria um pesadelo. Pense nisso: Essa é a primeira vez que ela esteve apaixonada novamente desde que a mãe a chamou de “depravada” e expulsou seu amor de sua casa e de sua vida. Cheryl esteve reprimindo isso por muito tempo, ela está finalmente deixando si mesma viver sua verdade. Isso é um grande momento para ela ainda. Eu acho que ela ainda está muito animada em relação a isso. E você chega na terceira temporada a vendo em um realmente positivo e forte relacionamento, o que eu penso que é muito importante para elas.

Esconda todos os arcos! Você não quer ver Cheryl com raiva.

MP: Bem, definitivamente tem mais Arco e Flecha nessa temporada…

Riverdale frequentemente usa cabelo e maquiagem para mostrar o desenvolvimento do personagem. Agora que Cheryl é uma serpente, isto irá mudar todo seu visual?

MP: Nós passamos bastante tempo falando sobre o visual dela nessa temporada, porque eu não queria que Cheryl perdesse o quão distinta ela é em sua moda e nela mesma. Eu penso muito sobre os tempos no ensino médio, garotas— e garotos — estavam tão dentro de seus relacionamentos que eles paravam de sair com os amigos e paravam de ser eles mesmos. E depois eles tinham esse momento de crise de identidade, porque eles estavam tão investidos. Eu só não quero que Cheryl perca sua identidade. Estou esperando— e não foi tão longe —que o estilo dela não evoluirá demais. Ela definitivamente adicionará alguns elementos ousados, no entanto; como uma estampa de cobra aqui ou ali. Mas na maior parte, Cheryl ainda é aquela forte, feminina e moderna garota. Ela apenas usa a jaqueta de couro mais frenquentemente e tem adicionado um entalhe ousado em seu estilo. Eu não estou brava com isso.

Ambas você e Lili têm falado abertamente sobre seus problemas com a acne. O que tem sido a coisa mais surpreendente desde que você se abriu sobre isso?

MP: Logo que abri minha boca sobre isso, aproximadamente outras 100 pessoas começaram a dizer que têm os mesmos problemas também.  Você sabe, pele é uma coisa estranha, porque eu sinto como se todo mundo lidassem com um surto aqui ou ali e eu posso me identificar com isto. A coisa bonita é que eu estou em uma série com um monte de pessoas que falam abertamente sobre tudo. Nós todos falamos sobre nossos problemas de pele. É bem difícil estar perante as câmeras quando você tem uma grande espinha no seu rosto. Você tem que trabalhar em fazer com que isso não seja a única coisa que você está pensando sobre.

Que coisa você aprendeu sobre cuidado da pele no ano passado que você não sabia antes?

MP: Minha pele tem surpreendentemente mudado muito no ano passado. Especialmente agora em Vancouver, onde gravamos Riverdale. A cidade tem um clime extremo. E depois eu viajo para L.A., onde é ensolarado. Minha pele vai de realmente seca para realmente oleosa, então eu estou aprendendo como balancear essa dependência em qual cidade estou. Eu não percebi isso, mesmo que eu devesse, que o ambiente que você está tem um efeito em sua pele— até a água com que você está lavando seu rosto.

O que você tem feito, em termos de tratamento, pra ajustar isso?

MP: Bioré tem ambas uma linha de bicarbonato de sódio e uma linha de carvão. Então, dependendo em como minha pele está se sentindo naquele dia, eu ajustarei qual delas escolherei. Quando estou me sentindo realmente oleosa, o carvão é maravilhoso. Isso apenas suga todo o entupimento para fora de lá, e deixa você se sentindo limpa e refrescada. E o bicarbonato de sódio é ótimo, porque é muito mais gentil no seu rosto, mas ainda termina o trabalho.

Quais são as coisas que você nunca esquece de trazer consigo quando está no set?

MP: Eu sempre trago uma kombucha ou um batido verde dependendo de qual hora do dia é. O batido é pro café da manhã, a kombucha é pro almoço. E então eu tenho sempre meu laptop, carregador, e um monte de diferentes barras de proteína dependendo do meu humor. E então, é realmente isso. Nós temos Netflix nos nossos trailers, o que é incrível. Eu também faço um monte de edição de vídeo pro meu canal no YouTube no nosso tempo livre.

Qual o seu jeito preferido de ter um momento para você mesma?

MP: Se estou em L.A., toda manhã, sem falhas, eu me certificarei de acordar pelo menos uma hora antes de eu ter que estar em qualquer lugar. Irei acordar, pegar meu café, e depois voltar para minha cama e percorrer por minha página de exploração do YouTube e assistir qualquer coisa que eu encontrar lá. Meu tempo para mim é a manhã. É o único tempo que eu consigo verdadeiramente controlar. E então, se eu estiver em Vancouver, eu não tenho tanto tempo livre quanto tenho em L.A. É muito vai, vai, vai. Então geralmente meu tempo para mim é depois do trabalho. Eu tomo banho com uma bomba de banho e acendo várias velas.

Você tem $20 e uma livre gama de uma farmácia. O que você  compra?

MP: Essa será uma lista chata. Hmmm…Eu estou sempre sem rodadas de algodão— o plano, o circular. Eu uso muitos deles para tirar minha maquiagem. Talvez, tipo, quatro uma noite? Eu tenho que isso tudo. Eu também, provavelmente, pegaria um grande jarro de água. E talvez algumas vitaminas? Isso poderia ser empolgante. E você for na farmácia certa, eles terão um daqueles Vistos nas seções de TV, o que é realmente algo muito estranho de se ter em uma farmácia. Mas será onde você irá me encontrar. Se existir um produto do Shark Tank, nove vezes de dez eu compraria. Eu trarei para casa e só usarei uma vez, mas está tudo bem.

Qual é uma dica de beleza que você pegou emprestado de Cheryl?

MP: Eu sempre tive muito medo de ir grande com minha maquiagem. Eu acho que é porque meu cabeli era ruivo, eu tive essa ideia de que eu tinha que jogar seguro. Mas interpretar Cheryl me fez perceber que você pode sair e se divertir com a sua própria maquiagem. Eu uso, tipo, sombra rosa metade do tempo [na série]. Eu sempre pensei que isso me faria parecer escandalosa ou louca, mas na verdade parece bem legal o jeito que nós fazemos isso.

View this post on Instagram

Moody photo bc moody bc no new Riverdale

A post shared by Madelaine Petsch (@madelame) on

Cheryl faz um lábio vermelho tão bem. Mas estou curiosa sobre o que você está particularmente afim agora?

MP: Eu tive bastante a mesma cor em meus lábios pelos últimos três anos. Se irei usar um qualquer batom, será nude malva. E grande parte do tempo, eu não faço nem isso mais. Eu coloco bálsamo labial e estou feliz. Meu favorito no momento é esse bálsamo labial rosa por Terry que vem num pequeno pote. Eu estou obcecada com qualquer coisa rosa. Eu mantenho comigo em qualquer lugar que vou.

Qual é o seu emoji favorito?

MP: Eu uso o coração vermelho ❤️ e o coração palpitante rosa 💓 mais. Eu sou muito sentimental com meus amigos e minha família.

Sua casa está em chamas! Quais são os três produtos de cuidado da pele que você traz com você?

MP: Bem, com certeza meu cachorro está em minhas mãos. E então, na outra, eu teria meus adesivos removedores de cravos, minha água micelar de carvão— que é uma benção— e eu pegaria meu bálsamo labial, porque eu não posso ir a lugar algum sem isto.

Se existisse uma coisa que você poderia mudar sobre percepções de beleza, tanto nas redes sociais ou em Hollywood, o que seria?

MP: A beleza vem de todas as formas, tamanhos, cores, emoções, tudo. Existe muitos tipos diferentes de beleza no mundo e o problema que nós estamos finalmente começando a quebrar a superfície de Hollywood é que existe mais de um padrão. Eu cresci pensando que tinha que ser do jeito que as mulheres eram nas revistas, e eu não quero crianças crescendo agora pensando dessa maneira também por causa das redes sociais. Temos que começar a ajustar engrenagens em nossas cabeças.

Fonte: Glamour

Tradução e Adaptação: Madelaine Petsch Brasil

Roberto fala sobre a terceira temporada de Riverdale

Publicado por blessedmads

Estamos a apenas uma semana de nos reunirmos com Betty, Jughead, Archie, Veronica e o resto de nossos nortistas e sulistas favoritos, e isso significa que também é hora do retorno de Sweetwater Secrets, seu show para todas as coisas em Riverdale.

Cada semana, nós estaremos revelando respostas e entrevistas exclusivas de suas estrelas favoritas de Riverdale com dois novos episódios – uma pré-estreia cheia de spoilers às quartas-feiras e um “Hisses and Kisses” cheio de aftershow às quintas-feiras.

No episódio desta semana, nós estávamos com disposição para um pequeno caos, então ligamos para o showrunner de Riverdale, Roberto Aguirre-Sasaca, e pedimos a ele que respondesse a algumas das nossas três perguntas mais urgentes!

Leia para obter respostas exclusivas sobre a nova tatuagem de Serpente de Archie (e quais outros personagens podem estar ganhando o seu próximo!), Novos detalhes assombrosos sobre o mistério da terceira temporada, “O Rei Gárgula”, uma atualização do relacionamento de Varchie e muito mais!
Por que Archie tem uma tatuagem de Serpente do Sul no trailer da terceira temporada?
Roberto Aguirre-Sacasa: Você sabe, não é o que os fãs pensam – na verdade eu não tenho certeza do que eles pensam. É uma proteção que Jughead pode estender a seu amigo, e essa é a origem dessa tatuagem.

Falando em tatuagens, vamos ver a nossa nova rainha do lado Sul, Betty Cooper, obter sua própria tatuagem de Serpente?

Essa é uma boa pergunta. Você pensaria que ela iria, certo? Podemos provocar que isso provavelmente acontecerá em algum momento nesta temporada.

E não podemos esquecer de Cheryl! Será que vamos vê-la fazer uma tatuagem de serpente exatamente como sua namorada de cabelos rosados, Toni?

Outra pergunta muito boa. Acho que o que vamos aprender sobre Cheryl é que ela não segue necessariamente todas as regras de sempre – incluindo as regras dos serpentes.

No trailer da terceira temporada, Veronica diz apaixonadamente: “Somos fim de jogo” quando está falando de Archie. O que a leva a fazer essa apaixonada declaração de Varchie?

Veronica é o tipo de personagem que diz o que ela acredita e diz o que está em sua mente. Ela diz isso, geralmente, enfaticamente e ela acredita nisso. Ela luta por isso e por eles realmente, muito apaixonadamente e eu pensei que, com todos os problemas que estaríamos jogando nela e em Archie, eu pensei que Varchie poderia ser sacrificada no começo da temporada, mas a paixão deles se mostrou muito resiliente. . Então você pode dizer aos fãs de Varchie que eles estão lutando para ficarem juntos e se o navio cair, eles vão lutar, porque esses dois são loucos um pelo outro e eles simplesmente não se soltam.

No trailer da terceira temporada, vemos Alice e Polly segurando Dagwood e Juniper em uma fogueira – o que está acontecendo na Terra?

Você sabe que estamos provocando sua estranha organização – The Farm – desde a primeira temporada. A Fazenda está chegando à cidade e os gêmeos de Polly fazem parte da Fazenda. Eles estão definitivamente sendo mantidos perto de um incêndio.

Você brincou que uma grande parte da terceira temporada será centrada em torno de “O Rei Gárgula”, então o que você pode nos dizer sobre quem – ou o que – essa figura misteriosa é?

Nesta temporada em Riverdale, um misterioso jogo de Dungeons and Dragons surgiu na cidade e é chamado de “Griffins and Gargoyles”. Os pais de Riverdale têm pavor disso porque o jogo está afetando seus filhos. Um dos nossos mistérios centrais começa quando os corpos de dois alunos são encontrados na floresta e descobre-se que eles estavam jogando Griffins e Gargoyles e que o principal vilão do jogo – o Rei Gárgula – também pode estar perseguindo as ruas de Riverdale.

 


Quer mais segredos da terceira temporada? Aperte o play no último episódio do Sweetwater Secrets acima para assistir a uma entrevista completa com as estrelas Madchën Amick e Skeet Ulrich revelando o que vem a seguir para os Coopers, os Serpentes e algumas cenas muito interessantes de Falice pela frente!

A terceira temporada de Riverdale estreia quarta-feira, 10 de outubro às 20h. PST / EST na CW.
Fonte: ET Online.

Como o elenco de Riverdale se tornaram as estrelas mais quentes da TV

Publicado por blessedmads

Com exceção da cor de cabelo Crayola-clássico dos personagens principais – e do famoso chapéu de Jughead – pessoas com até mesmo um conhecimento passageiro da história em quadrinhos de 1940, Archie, podem não reconhecer sua última encarnação, Riverdale, o revival da TV entrando na terceira temporada na CW. 10 de outubro. Enquanto as crianças da atual Riverdale ainda insistem em datas de formatura e prática de futebol, a vida em sua pitoresca cidade ficou um pouco mais complicada nos 76 anos desde a primeira exibição do desenho animado. Para começar, há uma gangue de rua (os Southside Serpents), uma crise de drogas (toda Riverdale é viciada em “jingle-jangle”) e assassinato. Muitos disso. Todo o melodrama pode ser difícil de lidar para o jovem elenco da série, em sua maioria recém-chegados. Após gravarem o final da Primeira Temporada – na qual Archie e sua equipe tiram sua amiga suicida, Cheryl Blossom, do gelado Rio Sweetwater – KJ Apa, que interpreta Archie, foi para o hospital para tratar da mão que ele tinha quebrado socando gelo falso, enquanto o resto “foi e pegou uma bebida, porque foi muito insano e intenso”, diz Madelaine Petsch, que interpreta Cheryl. “Nós estávamos tipo, ‘Bem vindos a Riverdale!” Nós dizemos isso o tempo todo.”

De fato, para o grupo principal que inclui KJ Apa (Archie), Madelaine Petsch (Cheryl), Lili Reinhart (Betty Cooper), Camila Mendes (Veronica Lodge) e o ex-queridinho da Disney, Cole Sprouse (Jughead Jones), a vida desde a estreia do programa em 2016 foi igualmente surreal, se felizmente muito menos escuro. O visual altamente estilizado do clássico ilustrado tornou-se uma sensação de que suas estrelas foram aduladas e abordadas em toda parte, de Paris ao Brasil, a Vancouver. (Na última temporada, diz Apa, um fã que mora acima dele em um alto edifício, deixou um post-it em sua janela: “Eles devem ter usado um cabo de vassoura ou algo do tipo para colocá-lo para fora de sua janela e colar na minha. Eu estava tão desconfortável, bati em sua porta e disse, ‘Nunca mais façam isso de novo.'”) Felizmente, eles têm um ao outro. Reinhart compartilhou apartamentos com Madelaine Petsch e Camila Mendes. Apa e Sprouse vão acampar juntos todos os anos depois de fotografar. “Apenas dois anos atrás, nossas vidas eram completamente diferentes”, diz Reinhart. “Foi maravilhoso fazer isso lado a lado, ter alguém com você em uma circunstância muito extraordinária com a qual muitas pessoas não conseguem se identificar”.

KJ Apa
Idade: 21
Cidade Natal: Auckland, New Zealand
Personagem: Archie Andrews

Além de ser um talentoso ator e dono de músculos (cheque o Instagram), o Kiwi é um hábil guitarrista – De tal modo, ele foi chamado para tocar com Kygo no Coachella em Abril. (Ele arrasou no hit do DJ norueguês “It Ain’t Me.”) “Estar naquele palco foi provavelmente o melhor sentimento que eu já tive”, diz Apa. “Eu estava realmente nervoso tocando na frente de 100.000 pessoas, mas eu só bebi umas cervejas e estava tudo bem.”

Cole Sprouse
Idade: 26
Cidade Natal: Los Angeles
Personagem: Jughead Jones

No improvável evento de os papéis secarem, Sprouse tem um sólido plano B: graduado na Universidade de Nova York, irá voltar para seu trabalho na arqueologia. “Por cerca de 5 anos, eu estava viajando o mundo [em escavações]. Eu absolutamente amei. Eu escavei marfim de mamute cru, um baixo relevo de um auroque… Em um lugar Helenístico na Bulgária, nós puxamos máscaras teatrais de cerâmica. É uma experiência verdadeiramente humilde.”

Madelaine Petsch
Idade: 24
Cidade Natal: Port Orchard, Washington
Personagem: Cheryl Blossom

Antes de Riverdale, Petsch estava vivendo a típica história de L.A., trabalhando em três empregos como uma barista, uma assistente e uma recepcionista. Um ponto baixo: “Eu estava exausta nessa audição. Eu deveria sentar em uma cadeira, e eu perdi o lugar, apenas sentei direto no chão. Eu comecei a rir histericamente, mas eles estavam tipo, ‘Vá embora.'”

Lili Reinhart
Idade: 21
Cidade Natal: Cleveland
Personagem: Betty Cooper

Você pode tirar a garota do Centro-Oeste, mas se transformar numa viajante estrela não tem feito nada para entorpecer a perspectiva pé-no-chão de Reinhart. Um recente dia sem gravação ocasionou uma visita a Walgreens para comprar cabides e uma viagem para conseguir – espere por isso – um novo cartão de biblioteca. “Eu não tenho uma assistente e nem quero uma”, ela diz. “Eu estou ansiosa para administrar tarefas como uma pessoa normal. Eu gosto disso.

Camila Mendes
Idade: 24
Cidade Natal: Miami
Personagem: Veronica Lodge

  1. Existem várias maneiras para fãs expressarem seu amor por suas estrelas favoritas. Dando dinheiro frio e duro não é geralmente uma delas. Mas tal é o grau de devoção que Mendes inspira, que um admirador certa vez a enviou dinheiro. “Eu tive um fã que me enviou no Venmo $100 no meu aniversário”, ela diz. “Geralmente as pessoas fazem algo como isso porque elas querem que você interaja com elas, para responder. Mas eu não quis dar a eles a satisfação. Eu não vou mentir, no entanto, eu peguei. Nem meu melhor amigo me deu $100 pro meu aniversário!”

Fonte: Rolling Stone

Tradução: Madelaine Petsch Brasil